quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Antes só que grudada num canceriano

.
Bonitinho, né? Lindo! Fofo! Qual a mulher que não sonha com um homem carinhoso, sensível, atencioso e romântico? Eu ainda não desisti de encontrar um assim, porque todos os que eu encontrei são cancerianos. Precisa especificar mais? No primeiro encontro já querem namorar, casar, ter filhos e uma casa no campo. Se você dá qualquer sinal de que ainda é cedo pra se pensar nisso (no primeiro encontro não tem cabimento), eles já querem discutir a relação e ainda ameaçam terminar um namoro que nem começou. São verdadeiros homens chicletes.

Ah, o publicitário! Sim, aquele que conheci na Groove semanas atrás. Aquela barba clara por fazer roçando no meu rosto, aquele beijo, aquela cara de "Ah, se te pego de jeito..." Tudo o que eu precisava naquela noite, mas ele estava mais para "se te pego, não te largo". Canceriano típico. No segundo encontro já queria discutir relação. Quando tentei desconversar ele me olhou nos olhos e disse: Nós não somos um pro outro.

Mais um canceriano na minha vida e eu acabo surtando. Já tive seis. Ele seria o sétimo (mania que nós mulheres temos de quantificar tudo. Até um tempo atrás eu sabia exatamente pra quantos tinha dado, mas graças a Deus já perdi a conta).

O primeiro canceriano que cruzou o meu caminho já queria logo casar e fazer um puxadinho nos fundos da casa da mãe, uma carola de passeata que tentava me obrigar a ir à missa com ela e denfendia a idéia de que lugar de mulher é em casa servindo de empregada de marido. Uma vez ela falou, na frente da família toda, que eu era muito moderninha para o filhinho dela, um marmanjo de 36 anos que vivia às custas do pai. Só não mandei tomar no cu porque minha mãe me ensinou respeitar os mais velhos.

O último, um namoradinho da adolescência que eu encontrei depois de 13 anos era tão carente que sugava todo o meu tempo livre. Eu mal podia sair de casa que ele já entrava em crise, fazia chantagens emocionais e, claro, já vinha querendo discutir a relação. Na cama ele foi o melhorzinho. Os outros não davam conta. Não sou do tipo que faz amorzinho. Eu gosto de trepar, porra!

Postado por Gabi

5 comentários:

Daia.BSilva disse...

Boa! Cancerianos são doenças... deve ser por isso que o signo tem esse nome! Acuda! Huahauahauahau!

Rolei de rir, conheço algumas pessoas assim! Um sufoco amiga... sei bem!

Beijo

Zazael Azurra disse...

Eu sou canceriano e não sou exatamente dessa forma ai que voce descreveu não, e outra coisa, eu fodo muito bem :D .

Ricardo de Almeida disse...

Acho que vou morrer e não vou entender como é que tantas mulheres (hoje bem menos, graças aos céus) conseguem a proeza de acreditar em astrologia. Olha moça, eu d-u-v-i-d-o que todos esses caras do mesmo signo que você pegou tinham exatamente o mesmo padrão de comportamento. Ou será que você não está fazendo um puta esforço pra encaixar os homens em seus rotulozinhos bobos?
Pense nisso. Talvez te ajude aê na sua vida amorosa. Ou não. É bem mais fácil seguir o "conselho" dos astros né?

Leka disse...

Ricardo, meus parabéns! Idiotice querer enquadrar as pessoas pelo período do ano em que nasceram . Idade Média ainda persiste na cabeça das pessoas. Lamentável!

Suco Joy disse...

Eu sou um pouco assim.

Postar um comentário